Animais Fantásticos e Onde Habitam

20.11.16


"As pessoas querem ler sobre as coisas que elas mais desejam e experimentam menos". Essa é uma citação da minha mais nova série favorita, Westworld, e essa frase tem poder. Acho que ela reflete com certo grau de fidelidade o porquê de a gente entrar em um estado de maravilha quando em contato com obras fantásticas, como Harry Potter ou O Senhor dos Anéis. 

Nesse sentido de tentar fugir um pouco da realidade, eu fui ao cinema ontem para conferir ANIMAIS FANTÁSTICOS E ONDE HABITAM, o primeiro filme da nova saga que envolve o universo de Harry Potter. E mais do que nostalgia, o sentimento que prevaleceu durante a exibição do filme foi de pura contemplação para algo novo que estava sendo criado, muito mais do que apenas uma reciclagem de uma série de sucesso.


O filme é uma adaptação do livro homônimo escrito pela J. K. Rowling - sob o pseudônimo de Newt Scamander - que trouxe para o mundo real uma das obras didáticas que os alunos de Hogwarts usam para aprender sobre os hábitos e a origem de criaturas fantásticas ao redor do mundo mágico.

Porém, 70 anos antes de Harry Potter, Newt Scamander é um magizoologista viajando por várias partes do planeta para estudar e proteger feras fantásticas, colhendo material para esse livro que ele ainda vai escrever. Assim, com liberdade criativa do roteiro assinado pela própria J.K, o filme vai focar numa dessas viagens do Newt, suas aventuras e os amigos que ele faz pelo caminho.


De passagem pela Nova York da década de 20, algumas criaturas que Newt Scamander (Eddie Redmayne) traz na bagagem escapam após um humano chamado Jacob (Dan Fogler) confundir a sua mala com a do magizoologista. E Newt precisa recuperá-las ao mesmo tempo em que tenta convencer Tina (Katherine Waterston), Graves (Colin Farrell) os bruxos da MACUSA - a versão americana e mais retrógrada do Ministério da Magia - de que suas criaturas não são as responsáveis pelos bizarros eventos que estão acontecendo na cidade, arriscando a comunidade mágica à exposição indesejada aos humanos.


É importante notar que dar vida a ANIMAIS FANTÁSTICOS E ONDE HABITAM era de cara um desafio. Grande parte do sucesso da saga de Harry Potter foi por toda essa apresentação e o toque de novidade que esse incrível mundo mágico oferecia, e se Animais Fantástico ficasse apenas nessa reciclagem de feitiços e grandes vilões teria sido um tiro no pé.

É óbvio que a adaptação ainda conserva uma temática centrada na dualidade do bem e do mal, com os mistérios do vilão Grindelwald (Johnny Depp) e os seguidores fanáticos do The Second-Salemers (Ezra Miller e outros). Mas o filme também soube explorar novos assuntos e variar momentos dramáticos com humor e cenas esteticamente belas, o que diferencia muito da extensa carga dramática e sombria que os últimos filmes de Harry Potter tiveram.

Cutiepie Ezra ♥
Por exemplo, a adorável relação do Newt com suas criaturas foi o que mais gostei no filme - além das criaturas (tem um Thunderbird ♥). Ela se aproxima sutilmente de uma mensagem de proteção e respeito a todas as formas de vida, acendendo um holofote sobre a questão ambiental, riscos de extinção etc. E Eddie Redmayne soube interpretar com muita dignidade alguém que se sente bem mais confortável ao lado dos animais do que de pessoas.

Já o humor ficou reservado ao estabanado Jacob e sua relação com a bela Queenie (Alison Sudol). Jacob é a cereja do bolo da adaptação, com toda a sua humanidade. Adorei essa ênfase do filme a um personagem que não tem magia e acompanhar todo o seu deslumbre em relação ao mundo mágico é como refletir a nós mesmos na tela.


Além disso, achei maravilhoso como os personagens de Animais Fantásticos são fiéis a eles mesmos, não querendo ser mais do que realmente são: Newt todo sem jeito e introspectivo; Tina workaholic, Jacob e o seu "there's no one like me", Queenie graciosa mesmo no papel da irmã mais nova que não é tão acadêmica quanto a mais velha, e meu Merlin (rindo só de lembrar), o engenhoso Pelúcio e sua ganância.


A única coisa que eu não curti muito foram os efeitos especiais nas cenas de ação (porque os efeitos para construir as criaturas foram maravilhosos). Achei confuso, com muito movimento. Dava a impressão de que se desse um pause na cena, só ia aparecer só uns borrões confusos na tela.

Enfim, ANIMAIS FANTÁSTICOS E ONDE HABITAM está valendo muito o ingresso. O filme não é clichê; muito pelo contrário, vai te fazer de trouxa em vários momentos, é genuinamente engraçado e traz de volta aquele universo rico e mágico que a gente tanto gosta. E não podemos esquecer da mensagem toda fofa de conscientização pelos animas e como eles contribuem para a nossa vida nesse planeta. Então corram para os cinemas, no-majs! :D

E só para deixar registrado, Credende deserved better!!!!!!!!

You Might Also Like

6 Bilhetes

  1. Eu ainda não pude ir conferir o filme no cinema, mas é tanta gente elogiando que eu estou ficando louca pra ir! Com as coisas que eu pude ver, fiquei completamente apaixonada pelos personagens, espero ver logo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tô torcendo para você ver logo e amar também! ♥ Os personagens são as melhores coisas da história!

      Excluir
  2. Se aqui tivesse cinema, depois dessa resenha maravilhosa, eu estaria correndo mais que o Barry Allen até ele pra assistir o filme

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHAHA Debs é sempre a melhor pessoa! ♥

      Excluir
  3. Dói e como dói ver a maioria dos potterheads indo ao cinema assistir a AFOH e você morar em uma cidade pequena que sequer existe um cinema.. Estou esperando ansiosamente que o filme seja lançado logo em dvd para que eu possa o assistir, até lá tenho tentado evitar o máximo de spoiler possível! haha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, caramba </3 Eu acho que no futuro muitos filmes vão vir com a opção de ser transmitidos pela internet também, espero que possa acontecer logo, porque esperar nunca é muito bacana :(

      Excluir

Copyright

Todas as fotografias e textos publicados são produzidos pela equipe do Feito Poesia, exceto quando sinalizado. Por favor, não copie nenhum deles sem a devida autorização dos autores. Todos os direitos reservados.


Seguidores