Le Petit Prince, le Renard et la Rose

28.8.15



Sabe aquela alegria que bate quando duas coisas que você ama são unidas e o resultado dá muito certo? Graças ao diretor Mark Osborne esse mês eu tive essa alegria! O Pequeno Príncipe, um dos meus livros favoritos, foi transformado em um filme de animação (<3) e se você ainda não foi ver, saiba que está perdendo uma ótima oportunidade para poder relembrar o que, de fato, é essencial.


A versão de Mark Osborne inova ao não se conter em criar apenas mais uma adaptação fiel à história escrita por Antoine de Saint-Exupéry em 1943. Adaptações da obra já foram feitas aos montes, seja no cinema ou no teatro, mas a nova versão franco-americana foi além. Não se trata apenas de reviver a máxima de que o essencial é invisível aos olhos, mas sim mostrar também que o que nos tira a inocência não é o crescer; é o esquecer. Para tanto, o roteiro de Le Petit Prince se desenvolve através de duas histórias: a clássica do Pequeno Príncipe em suas aventuras desbravando planetas habitados por adultos muito estranhos e a da pequena garota, uma menina de 9 anos que “vive” em função dos estudos e da rigidez materna.


Porém, a rotina monótona e solitária da menina se altera assim que ela e sua mãe se mudam e descobrem que têm um vizinho muito inusitado: um velho aviador que está disposto a qualquer custo a consertar seu avião e fazê-lo decolar do seu próprio jardim. O aviador e a menina logo se tornam amigos e as tardes dela passam a ser preenchidas com brincadeiras e animação, à medida que o aviador vai contando a ela a incrível história do pequeno príncipe.

É dessa forma que fragmentos da história original são apresentados aos espectadores de uma forma diferenciada na questão visual, como se fosse massinha. Esse efeito deu uma vivacidade visual incrível ao filme. É tudo tão bonito, tão perfeito e delicado! Mesmo que o essencial seja invisível aos olhos, é impossível não destacar como o efeito visual de O Pequeno Príncipe é arrasador, impecável e contribui bastante para sairmos do cinema encantados.


Só que mais cativante do que a beleza tangível do filme é a sua mensagem. Ela traz uma nova luz e contextualização atual à história clássica ao abrir uma licença poética e dar continuidade à jornada do pequeno príncipe. O equilíbrio entre inocência e sabedoria tão característico da narrativa não se perde, nem mesmo nas cenas mais emotivas, o que consegue sensibilizar tanto os pequenos quanto os grandes.

No todo, achei Le Petit Prince mais simples e mais original do que tinha imaginado que seria, e me surpreendi. Chorei, ri, me identifiquei. A nova versão francesa resgata o espírito sonhador dentro da gente e nos desacelera, nos coloca no eixo do essencial de novo. É um convite aos pequenos príncipes e princesas a desenhar os seus sonhos e paixões – esquecidos ou não – nas estrelas. Recomendo!

Alguém sabe como faz para ter uma raposa de pelúcia igual à do filme? Eu quero!

You Might Also Like

15 Bilhetes

  1. JÁ FALEI COMO AMO VOCÊ FALANDO DE FILME? Já? Pois falo de novo: melhor critica de cinema que conheço <3
    Li Pequeno Príncipe quando era pré-adolescente e gostei muito mesmo, mas sinto que não aproveitei tudo o que o livro podia me dar e hoje não lembro mais de muita coisa por isso preciso/quero reler urgente! E já estava ansiosa para assistir o filme com os comentários que estavam pipocando por aí e agora com a sua crítica tô quase correndo pra cidade mais perto que tem cinema pra ver. Só por tudo o que você falou já amo o filme, essa originalidade, toda essa delicadeza e cuidado não só com reinventar a história, mas também em apresentar uma imagem que acrescente ao todo mostra o quanto essa história é amada por todos e o quanto merece sempre ser lembrada. E espero que tenha os baobás, eu amo baobás, baobás melhores árvores <3
    (aposto que o aviador é o Pequeno Príncipe #DeboraAmaFazerTeorias)
    Amei o post? Amei o post!
    Beijooos, sis <3
    Debora
    http://vanille-vie.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Que texto lindo! <3 Preciso demais ver esse filme! A cada opinião que leio isso se reforça.

    Beijo.
    livrosdawis.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Eu vim até aqui para dizer o quanto esse filme é lindo e de uma leveza incrível, mas agora já me vejo escrevendo sobre como sua resenha está maravilhosa, Tici, de verdade. De todas as que eu li, a sua foi a que mais me tocou e que mais retratou com verdade tudo aquilo que o filme traz. Eu não li o livro, confesso, mas amei muito muito esse filme!
    Beijo

    ResponderExcluir
  4. Saudações Lady Tici,
    Não sei dizer se me encantei mais pelas imagens ou por vosso entusiasmo. Há um quê mágico envolvendo O Pequeno Príncipe, e de verdade, consegui sentir todo o carinho que tens pela obra!

    Venha visitar o Castelo
    Att
    Ana P. Maia ♛
    The Queens Castle

    Resenha Premiada – Filha da Floresta

    ResponderExcluir
  5. Oi Tici,
    Ah quero assistir :(
    Acredita que chorei só de assistir o trailer? Imaginando quando assistir o filme!

    Achei linda a técnica da animação, realmente me lembrou um pouco massinha.
    E adorei a forma como pegaram a base do livro para criar o filme...
    Parece ser um filme lindo!

    Amei sua análise.

    bjs e tenha uma maravilhosa semana.
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esqueci de te agradecer, obrigada por se inscrever no canal ♥
      Ansiosa para assistir suas ideias \o

      Excluir
  6. Oi Tici, sua linda, tudo bem
    Que saudades de vir aqui. Só você para me emocionar com seu lindo texto. O pequeno Príncipe é uma história muito especial, e pelo o que você me contou agora, sabe, acho que essa versão vai me tocar mais do que a original, pois veremos como o pequeno príncipe e sua história afeta esse vizinho e como irá afetar a garotinha. No fim, acho que irá afetar a todos. Adoreiiiiiii!!!!!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá,
    Li O Pequeno Príncipe quando tinha 8 anos como presente de uma tia minha, eu lembro de ter adorado a história, mas se hoje eu parar para pensar vou saber que não me recordo de muita coisa, por isso quero tanto fazer uma releitura da obra.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Eu sou perdidamente apaixonada pelo Pequeno príncipe, ainda não assisti o filme. Ganhei os ingressos de um amigo, mas não tenho companhia pra ir.. Acho que vou sozinha mesmo.

    http://pareinaadolescencia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi, Tici!
    Acho que Pequeno Príncipe nunca é demais. rs
    Adoro o livro, mas ainda não consegui ver essa animação. Fiquei muito feliz por saber que ficou tão legal e original. Vou dar um jeitinho de ver logo.^^
    Beijo

    http://canastraliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oooi, Tici. Bem? Passando pra divulgar o blog literário - Conversas de Leitor - que acabei de criar! Queria contar com o seu apoio, pois blogueiro sabe como é difícil iniciar um blog, né? Ainda tô postando resenhas e mexendo no template, mas ele tá até legalzinho haha Pretendo postar resenhas de livros, séries e filmes! Não vou fazer o esquema troca de seguidor, mas se você seguir só deixar o link abaixo que retribuo, tá? Beijão
    https://conversasdeleitor.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Oi Tici queridaaaaaaa saudades de você, tá sumida?! ^^ Eu fui ao cinema este findi e tinha muita criança hahaha todas para per o pequeno príncipe, a animação deve estar fofa, e eu não espero nada menor para uma história tão linda e marcante ^^

    Beijos,
    Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  12. colegas minhas que assistiram comentaram que vale super a pena. imagino que seja realmente muito encantador.

    ResponderExcluir
  13. Oi!!!
    Eu já citei no meu blog que acho que sou uma das poucas pessoas que nunca leu esse livro. rsrsrs
    O filme realmente parece lindo!! Adorei a resenha!
    Beijos
    Quer Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  14. Eu já estava morrendo de vontade de assistir o filme, acho o livro fantástico mas penso que é complicado passar toda a magia de sua mensagem para a tela de cinema, mas lendo sua resenha acho que esse filme pode ter conhecido a proeza. Vou tentar assistir!

    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir

Copyright

Todas as fotografias e textos publicados são produzidos pela equipe do Feito Poesia, exceto quando sinalizado. Por favor, não copie nenhum deles sem a devida autorização dos autores. Todos os direitos reservados.


Seguidores