Pena & Tinta: Décadas

30.5.15



"Eu tenho um sonho. Uma canção para cantar. Para me ajudar a lidar. Com qualquer coisa."

Tinha algo me incomodando durante o dia; um zumbido irritante de problemas e preocupações que começou a diminuir enquanto eu ainda prendia os cabelos em um alto rabo de cavalo e passava pó de arroz e batom claro. Decrescendo conforme o coração acelerava e o corpo esquentava, contagiado pela atmosfera de luzes, rock e sinestesia. Minguando até só haver a música. Não mais um zumbido ou a pressão do estresse, mas sim, música. Vibrante. Infinita. Libertadora.

Palavras não ditas em sintonia com os mais variados instrumentos e vozes que brincam com a minha percepção como um flerte de amantes que acabaram de se conhecer. Corpos em movimentos sincronizados, como se todos soubessem o próximo passo, mesmo que alguns até estejam de olhos fechados. Uma década de verão musical, 1979 ritmos. De Black Sabbath a Michael Jackson em uma noite para esquecer e, principalmente, não ser esquecida. Um beijo de Rock And Roll All Nite.

Fixo o olhar na bola de espelho, e meus mil reflexos transformados em luz e sombra me garantem que esta noite eu posso ser qualquer coisa. Então eu abro os braços e giro. Deixo o vestido rodopiar, espalhando a fumaça que encobre o chão de luzes coloridas. Giro e giro e giro. Sou a estrada que leva ao inferno do AC/DC, sou a rainha da dança do ABBA, sou a febre de sábado à noite dos Bee Gees. Sou eu mesma em mil pedaços que vão se infiltrar por gerações e gerações rumo à eternidade.

Então paro de girar quando alcanço o outro lado do salão, com aquela forte sensação no peito de que talvez tenha acabado de sobrevoar ponta a ponta do continente. A música continua - Sylvester em seu melhor You Make Me Feel (Mighty Real) - e fazer cada movimento seguinte é tão mais fácil e leve porque, tenho certeza, o mundo que trazia sobre os ombros caiu enquanto eu girava, espatifando-se em brumas que vão desaparecer antes mesmo da noite acabar. 
Pena & Tinta é um projeto de escrita criativa com o objetivo de criar textos (crônicas, contos, poesias, relatos pessoais etc) mensalmente em cima de um tema predeterminado. O tema de maio foi Décadas, e se você quiser participar, é só acessar o grupo no Facebook :)
[Foto: Google | Trecho: ABBA]

You Might Also Like

5 Bilhetes

  1. Preciso confessar que estou há um bom tempo encarando a tela do computador relendo trechos e trechos desse texto tentando encontrar as palavras certas para elogiar. Mas só consigo pensar em incrível, como sempre. Não consigo descrever tudo que senti ao ler suas palavras. Me senti dentro do texto, me senti a própria narradora. Ouvi as músicas, dancei, rodopiei.
    Tá perfeito, Tici. Parabéns, de verdade.
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. "...o mundo que trazia sobre os ombros caiu enquanto eu girava, espatifando-se em brumas que vão desaparecer antes mesmo da noite acabar" Ticiane Faria eu realmente não sei o que dizer, apenas sentir. SÉRIO. Eu tô sem reação diante de tamanha perfeição; é um texto lindo, maravilhoso, simples e complexo ao mesmo tempo. Eu estou apaixonada por cada linha, palavra e sentimento, você realmente tem o talento pra tocar o coração das pessoas com os seus textos, tem algo de poético, de vivo neles. Eu consigo imaginar claramente a cena descrita acima, além disso lá pelo segundo parágrafo eu comecei a cantarolar "Stayin' Alive" do Bee Gees (?) e quando li a parte do AC/DC deu um gritinho aqui <3 Sei que estou repetitiva, mas eu realmente amo tudo o que você escreve e esse texto foi a prova derradeira. Vou salvar esse nos favoritos também, pra sempre que estiver pra baixo ler e ver o quanto dançar ao som de uma música linda pode ser libertador.
    Beijão, sislinda <3
    Debora.
    http://vanille-vie.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Lindo, Lindo, Lindo <3 Meu Deus como eu queria escrever tão bem como vcs <3 // tantoscaminhoselugares.com,br

    ResponderExcluir
  4. Ih, acho que o meu comentário sumiu... vou tentar de novo! :)

    Gostei muito do texto, que misturou o tema décadas com música. Ficou sensacional!!!

    http://naomemandeflores.com

    ResponderExcluir
  5. Fechei os olhos e senti a liberdade de girar em um salão e esquecer de tudo que esse mundo traz de ruim pra mim.
    Ah a música, como é boa a liberdade que ganhamos por ela, a força que ela nos dá e a mensagem que se torna o nosso mantra.
    Adorei Tici, ficou lindo, e por um momento senti como se o mundo tivesse saido das minhas costas, obrigada.

    Angel | http://coracao-de-leitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Copyright

Todas as fotografias e textos publicados são produzidos pela equipe do Feito Poesia, exceto quando sinalizado. Por favor, não copie nenhum deles sem a devida autorização dos autores. Todos os direitos reservados.


Seguidores