[Resenha] 1 Página de Cada Vez

13.11.14



Uma Página de Cada Vez

No original "1 page at a time", escrito pelo norte-americano Adam J. Kurtz, com 368 páginas e publicado no Brasil pela Paralela.

"Nunca esqueça: você é literalmente uma peça. Ria de ser uma peça e lembre-se de que todo o resto do mundo também é uma."



Geralmente reservo os dois primeiros parágrafos das resenhas para descrever um pouco da história do livro, como uma pequena sinopse. Mas dessa vez terá de ser um pouco diferente, pois "1 página de cada vez" não tem realmente uma história......................... Ok, isso obviamente não é verdade. A história nesse livro (ou diário, lembrança, calendário, amigo) é a sua história. Sim, a sua história (você mesmo), para você completar durante um ano com as suas aspirações, dias bons e ruins, ingressos de cinema e boas ações, tudo isso recheado de muita criatividade e imaginação.

"Aconteça o que acontecer, sempre haverá pizza."


As tarefas em "1 página..." variam. Destruir não é a intenção, apesar de que em alguns momentos o autor irá reforçar que é só papel, então melhor já deixar separado pelo menos uma tesoura e não ter medo de usá-la. Criar já é uma parte da intenção, pois você vai se deparar com páginas mais abstratas, como uma que possui apenas uma mensagem de obrigado, aí vai ficar a critério da sua imaginação escolher como preencher uma página assim. Mas acima de tudo, a intenção do livro é estar ali para você, como um amigo que você pode contar em qualquer hora.

Muitas das tarefas terão mais a ver com a autoajuda. Mas não essa autoajuda encontrada nos livros classificados como tal. É uma autoajuda construída por você mesmo, seja na carta que você precisa escrever para o seu eu daqui a um ano, seja nas frases de incentivo para continuar seguindo. Segredos serão ditos no escuro, declarações bêbadas ficarão só no papel e assim vai. Completar o diário é uma trabalho de total entrega pessoal e mesmo que você estagne em alguma tarefa maluca, segue em frente, volta nela depois. Não tem obrigação de seguir na ordem.



"Quando a vida fecha uma porta, ela abre uma janela. Mas se a porta não estiver trancada, não tem motivo para você simplesmente não abri-la sozinho, certo?"

Para aqueles que gostam de desenhar, "1 página..." é um presente ideal. As páginas amareladas não deixam vazar muito a tinta para o outro lado, mas a tarefa mais difícil mesmo (pelo menos para mim) é desenhar nas páginas esquerdas, por conta da lombada :( E para que não curte desenhos, dá para fazer montagens, colagens ou o que quer que a sua mente inventar.

O livro, claro, será bastante interativo, para exaltar a sensação de que tem alguém ali do seu lado. A interatividade também irá passar para as redes sociais, já que em algumas páginas você será intimado a compartilhar o seu conteúdo com a hashtag #1pagina (vocês podem ver o que eu ando aprontando no meu diário lá no instagram do blog @bibliophiliarium). Aqui vale um aviso: se você for checar a hashtag, irá encontrar diários incríveis, desenhos perfeitos e muita criatividade. Não se deixe intimidar por eles, se você for uma pessoa que não saiba desenhar ou não se considera uma pessoa criativa.



O "1 página..." é o seu diário, a função dele é te ajudar de alguma forma. Um diário feito de bonecos de palito será tão perfeito quanto qualquer outro, porque o Adam J. Kurtz não criou um campeonato, mas sim uma inspiração. Self-inspiration, de você para você. Então quaisquer que sejam as suas habilidades criativas, desafie-se a completar o diário naqueles momentos que você sentir que precisa dele (e também naqueles que cof cof a aula estiver muito chata e desenhar sinais de wi-fi pela página toda seja mais interessante) e eu tenho certeza de que não irá se arrepender.

Ainda não terminei o meu e também a rotina de universitária não permite que eu complete uma página por dia, mas já amo esse pequeno livro amarelo e o considero uma parte de mim mesma, e que quando estiver totalmente completo vai ser com certeza uma daquelas coisas que você guarda na caixa de lembranças para nunca esquecer. Então, para quem está procurando algo diferente e mais desafiador e para quem quer "viajar" em si mesmo, corre para a livraria mais próxima, porque é a sua oportunidade de ver um pedaço da sua história em um livro ;)

Adam J. Kurtz no Brasil no novembro! Os eventos com o autor de "1 página de cada vez" acontecerão em SP (http://on.fb.me/11jq8Lv) e no Rio (http://on.fb.me/1oObI0i), com kits e bate-papo. Não percam!

You Might Also Like

16 Bilhetes

  1. Oie Tici,
    Estou encantada com a proposta desse livro, para mim o foco dele ficou muito mais interessante do que o Destrua esse Diário, pois os temas são mais profundos e especiais!
    Estou ansiosa para comprar o meu e começar a fazer, acho que quando eu olhar esse livro daqui a alguns anos vou me emocionar e surpreender bastante!
    Beijinhos *-*
    http://diariodeumalivromaniaca.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Tici,
    Adorei a ideia do autor, na verdade fui 'flechada' assim que li o quote inicial.
    Acho bacana investirem nesse formato por aqui, e também fiquei ansiosa para comprar o meu!
    Ah Natal seu lindo, vem em mim haha

    P.S.: Realmente a Única lançou os livros de O Teste bem rápido, até estranhei também.. até a introdução ta free pela Amazon BR... enquanto outras nem finalizam as publicações das séries né? =/

    bjs e tenha uma maravilhosa quinta
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  3. Oi!
    Cada vez que vejo uma resenha desse livro, fico com mais vontade de comprá-lo.
    É um livro que estimula bastante a criatividade e, pelo visto é melhor que Destrua este diário.
    Beijos
    Construindo Estante || Facebook

    ResponderExcluir
  4. Oi, Tici!
    Acho a proposta desses livros interativos muito bacana, mas não consigo "preencher todo o espaço" de uma página de um livro! Sério, livro é algo para ser imaculado!
    Tô tentando mudar, minha amiga tem um "Destrua esse diário" e eu rabisquei uma página! Deu dó, de verdade, mas eu consegui! Esse "1 página de cada vez" me parece ter uma proposta mais interessante e sensata, talvez eu deva começar por ele!

    =D
    http://osdragoesdefogo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Olá minha linda, como estás, pequena? rs.
    Como você mesma já sabe estou me roendo para ter este lindo (diário, agenda, criações, caderno, livros de criatividade e blá) nas minhas mãos. Deste o momento que vi ele, simplesmente me apaixonei e não vejo a hora de comprar e jogar criatividade nele e desenhos lindos (mesmo não sabendo desenhar). Estou bastante interessada por ele. Parece ser realmente algo único e parece ser mais interessante do que o Destrua esse Diário. Mas enfim, sem comparações.
    Adorei a resenha como sempre minha amora <3.
    Beijos e muito sucesso minha linda.
    http://chuvaelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Oiee ^^
    Eu tenho vontade de comprar livros assim, mas morro de dó dos livros...haha' só de ver um deles desenhado já dá um aperto no core *-* Ainda não estou procurando nenhum desafio, mas quem sabe mais para a frente...
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Eu adorei esse livro. Inclusive, resenhei essa semana também. Até mostrei algumas das minhas atividades lá no blog.
    Adorei sua resenha.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de novembro

    ResponderExcluir
  8. Amei as fotos da postagem, mas sinceramente tenho muito pena de fazer isso com os livros, prefiro comprar uma agenda e fazer o meu próprio diário. rsrsrsr Gostei muito da sua forma de resenhar, mil beijos - estou te seguindo
    me visite: http://sonhoseaventurasdeamor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi, Tici...
    Adorei a resenha, eu tenho a maior vontade de adquirir um livro nesse estilo só que dá um aperto no coração em pensar em riscar e quaisquer outra coisa que prefiro deixar para os corajosos de plantão! Arrasou ;)
    bju's Ju.

    Visite:Tão Bom Quanto Pizza

    ResponderExcluir
  10. A verdade é que eu nunca fu muito chegada nesse tipo de livro, mas todos relatam ter uma experiência tão boa com eles que é impossível não nutrir certa curiosidade. Adorei as fotos que você tirou, ficaram incríveis <3.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Oi Tici linda, eu adoro a ideia desses livros interativos, mas não sei se seria uma atividade que eu faria, mas confesso que seria uma experiencia nova!

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  12. Que dica curiosa, Tici. Creio que já tenha visto o livro por aí, e a proposta dele é muito boa. Dica anotada! Tenho vontade mesmo de adquirir livros nesse estilo, é uma experiência curiosa.

    Beijo

    ResponderExcluir
  13. Parece ser um livro bem interessante
    Ele me lembrou um pouco do livro, Destrua esse diário

    Beijos
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Olha quem está aqui!!! hahahaha
    Engraçado eu ter acompanhado várias tarefas que você fez, sem dúvidas, a melhor, foi a do ônibus <3

    Beijos, Carol
    http://www.pequenaleitora.com/

    ResponderExcluir
  15. Esse livro me interessou bem mais do que "Destrua Esse Diário". Esse tem mais ou menos a mesma premissa, não é? mas parece mais... criativo. DED parece uma bagunça DD:
    Adorei o post e as fotos! Parabéns
    whoosthatgirrl.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Oi Tici.
    Esse livro é fofo demais, já li todas as atividades propostas, achei bem criativas.
    Tô me segurando pra começar só em 2015 e fazer um ano redondinho, espero conseguir fazer apenas uma atividade por dia.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir

Copyright

Todas as fotografias e textos publicados são produzidos pela equipe do Feito Poesia, exceto quando sinalizado. Por favor, não copie nenhum deles sem a devida autorização dos autores. Todos os direitos reservados.


Seguidores