[Resenha] Quantic Love

12.4.14



No original "Quantic Love", escrito pela espanhola Sonia Fernández-Vidal, com 256 
páginas e publicado no Brasil pela Rocco 

"Se o Universo fosse um vestido, qual você usaria esta noite?"



Com o término do ensino médio e com a necessidade de arrumar dinheiro para pagar seu primeiro ano na faculdade, a jovem Laila decide usar o verão para trabalhar como garçonete no CERN (Conseil Européen pour la Recherche Nucléaire), na Suíça. Laila sempre foi uma menina inteligente e está certa de que a experiência vai lhe ensinar mais do que simplesmente fazer cafés e cappuccinos para um bando de cientistas atarefados. 

Mas os primeiros dias não são fáceis, pois Laila não consegue se adaptar muito bem, sentindo-se sempre como um peixe fora d’água em meio a gênios de todo o mundo. Tudo passa a mudar, porém, quando ela conhece dois caras completamente opostos e que vão deixar o verão dela mais divertido: o sensual jornalista Alessio e o tímido e misterioso cientista Brian. 



Quantic Love: O Romance Que Resolve a Equação do Amor é um livro bem leve, rápido e fofinho que conseguiu juntar o mundo insosso do CERN (Aquele laboratório de física nuclear super maneiro de Anjos e Demônios, lembra?) com as peripécias adocicadas do amor. É também uma leitura informativa e recreativa, cheia de anedotas e pequenas curiosidades como a Villa Diodati, onde Mary Shelley concebeu sua famosa obra Frankenstein, ou a fábula oriental de Shambhala. Além disso, as muitas explicações e referências sobre a física são bem simples, de forma que ninguém fica perdido e é bem provável que todo mundo termine a leitura gostando um pouco mais dessa matéria chata que temos de estudar no ensino médio.



O livro é bem menininha. A protagonista é um tanto indecisa, o que contribui para as reviravoltas da trama. Mas, no final, Laila terá que resolver a equação do amor sem a ajuda de uma calculadora e escolher somente um rapaz. Para isso, ela conta com a ajuda de Angelina, sua companheira de quarto que é de longe a melhor personagem da história e que vive se metendo em confusão, mas que deixaria até mesmo Einstein de joelhos por ela. 

“É claro que você escolheu mal! Quem prefere dizer não a um gostoso para acompanhar um idiota a um documentário de física? Mas isso não significa que este Brian não tenha de ficar babando por você... Se você chegar ao encontro como uma princesa, doerá ainda mais quando der um fora nele.” [pág. 72] 

A singularidade da mistura chick-lit + física é o melhor atrativo do livro. Durante a leitura, quando um desses dois assuntos deixa a desejar, o outro compensa e assim vai. Então, para quem gosta de romance leve e física, Quantic Love certamente será uma leitura agradável. 

You Might Also Like

14 Bilhetes

  1. Ainnnn, eu gosto desse tipo de livro para passar o tempo.
    Tenho ele no Kindle, mas ainda não consegui tempo de ler. Acho que depois dessa resenha vou tratar de arranjar. ahauahuahua
    Adorei!

    bjus
    terradecarol.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que fofa! Leia quando estiver se sentindo bem carente! *-* Muito feliz que curtiu, Carol! Adorei você por aqui <3

      Excluir
  2. Oii, que ótima resenha! Me convenceu que eu preciso ler esse livro! A sinopse me cativou, mas o modo como você transmitiu as ideias do livro <3
    Adoro esses romances fofinhos e com um pouco de drama, apesar de não gostar muito de triângulos amorosos esse parece valer a pena haha Quantic Love me lembrou um pouco O Teorema Katherine do John Green, aonde temos nerds e matemática. Esse livro parece contar com além do romance, uma outra trama: o do amadurecimento da personagem e, como eu adoro referências, já estou empolgada!
    Além de, vamos combinar, né? Essa capa é muito fofa :3
    Beijos!
    http://vanille-vie.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Preciso ler "O Teorema Katherine", adoro livros que saem um pouco da zona de conforto e se arriscam na matemática ou na física, por exemplo! É verdade, a Laila é extremamente indecisa no começo (o que faz com que a gente shippe os dois lados do triângulo), mas no fim ela toma uma decisão! \o/
      Muuuito fofa mesmo! Obrigada, Debora! <3

      Excluir
  3. Ah... fiquei bem interessada no livro!! :)
    Mas, me diz, essa física aí está fácil de entender mesmo mesmo? de verdade?
    Porque nunca foi minha disciplina favorita...rs...

    Bjs, Lu
    http://resenhasdalu.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dá, sim, Lu! E diga-se de passagem, a parte da física e as explicações foram as minhas cenas favoritas no livro, mais até que o romance! Física também nunca foi a minha matéria favorita, mas eu admiro muito! *-*

      Excluir
  4. Ticilinda, tudo bom meu amor?
    Bom, que vestido eu usaria? Com certeza um com espartilho, uma saia cheia, bem rodada e de uma linda e viva, esse sim, seria meu vestido, e o seu? *-*
    Amo quando livros conseguem juntar cultura e conhecimento, de uma maneira que nos faça entender e amar mais ainda, ai pensamos "que curiosidade legal" e você provavelmente já viu na escola, mas era tão chato que você não prestou atenção! Ai amiga, sempre adoro quando aparece o cara charmoso e um tímido, mas o problema é quando tomamos preferencia por um, quando isso acontece comigo, a mulher sempre escolhe o outro, então acho que vou precisar me preparar para essa leitura.
    Quero mais ainda, por você dizer que é uma leitura leve e muito agradável, amo livros assim e de vez em quando, é bom fazer um pausa para ler esses livros menininhas, é ai que nos pegamos rindo de algo bobo, mas que no fundo desejamos que tenha acontecido com cada uma de nós *-*
    Bem, nem preciso fazer comentários sobre suas fotos né? AMO, A.M.O. a maneira como você consegue transmitir o livro por elas e com os cenários que você arruma com tanto carinho, fiquei apaixonada e adorei, estou batendo palmas de pé pra você, sua linda!
    Já tinha visto muuitos blogs falando sobre esse livro, mas não tive vontade de ler as resenhas, mas a sua está de longe mais do que perfeita! <3 você sabe disso, sempre estão

    Beijos linda, to com saudades!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Felinda, aí que raiva! Escrevi uma resposta super diva para você, mas quando fui apertar em publicar deu erro, vou chorar ç_ç mas vamos lá de novo!
      Acho que o meu vestido seria bem parecido com o seu, mas escolheria um corpete cor gelo e a saia rodada seria negra salpicada de brilhinhos como estrelas @.@ Ai, mal imaginei o vestido e já quero um igual! Você captou a essência do livro. O romance nos alegra e a física nos ensina. "Que curiosidade legal" define bem as cenas das referências!
      Muito obrigada, sua diva! Eu fico vermelha quando falam das fotos, vou estar sempre procurando fazer alguma coisa diferente com elas haha obrigada sempre e, nossa, morrendo de saudades, cadê você que não me responde no Facebook? :'(
      Beijosss! :*

      Excluir
  5. Adoro esse tipo de livro <3.
    O povo tem um preconceito danado com livros mais voltados para diversão, mas eu realmente amo, com histórias fofas e rápidas para passar uma tarde suspirando e invejando a protagonista... Rsrsrs, gostei muito da resenha!

    http://memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, aí eles ainda acabam falando mal à beça do livro e ninguém acaba lendo :'( "Quantic Love" é bem assim: rápido e para invejar a protagonista haha
      Gostei muito do seu comentário, Inês! <3 Beijos!

      Excluir
  6. A-D-O-R-O história de menininha. <3
    Acho a capa desse livro muito fofa, fiquei bem interessada em ler. :)
    Resenha #140 - De Repente Acontece- Susane Colasanti.
    Confere lá!
    http://manuscritodecabeceira.blogspot.com.br/
    Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, concordo! *-* Que bom que se interessou! \o/
      Vou conferir, sim! Bjsss

      Excluir
  7. Oláa! Realmente é muito menininha o livro; a capa a protagonista e até a foto que você tirou. Ficou lindoooo!
    Adorei sua resenha, pois não conhecia o livro, achei bem bacana.
    Seguindo aqui também, adorei o seu blog ^^

    Beijooooos
    http://estoulendoo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Naww, obrigada! Seja muito bem-vinda aqui, Ane! Também adoro o seu blog!

      Excluir

Copyright

Todas as fotografias e textos publicados são produzidos pela equipe do Feito Poesia, exceto quando sinalizado. Por favor, não copie nenhum deles sem a devida autorização dos autores. Todos os direitos reservados.


Seguidores