[Resenha] A Maldição do Tigre

11.3.14


No original "Tiger's Curse", escrito pela estadunidense Colleen Houck, com 352 páginas e 
publicado no Brasil pela Arqueiro

"Quando a vida lhe der limões, faça uma torta de limão." 



Após concluir o ensino médio e em busca de condições financeiras para arcar com os custos de uma faculdade, Kelsey Hayes decide trabalhar temporariamente num pequeno circo durante o verão. Suas únicas tarefas no emprego consistem em vender os ingressos, alimentar os animais e fazer a limpeza após as apresentações. Entre os animais, porém, há um magnífico tigre branco, Dhiren, por quem Kelsey logo se vê fascinada, chegando a passar noites perto de sua jaula, lendo poesias para ele.

Essa vida de se apresentar em um circo não é digna, mesmo que você tenha um bom domador. Um tigre não é um cachorro ou um gato, que podem ser animais de estimação. Ele deveria estar em liberdade na natureza. (...) Ele tinha uma expressão de melancolia quase humana. Se os tigres têm alma, e acredito que tenham, imagino que a dele seja triste e solitária. Olhei dentro daqueles grandes olhos azuis e sussurrei: 'Queria que você fosse livre.'” [págs. 40/41] 



Atendendo ao pedido de Kelsey, dias depois aparece um homem disposto a comprar Dhiren e levá-lo de volta a Índia, para uma grande reserva de tigres. O homem também pede a Kelsey que os acompanhe para garantir que o animal chegue e se adapte bem à reserva. A garota aceita e embarca numa jornada para a Índia, onde descobrirá que o tigre é, na verdade, Alagan Dhiren Rajaram, um príncipe amaldiçoado há mais de 300 anos que precisa da ajuda dela para desvendar uma antiga profecia e quebrar a sua maldição. 

A Maldição do Tigre, primeiro volume da saga bestseller criada por Colleen Houck, é talvez o grande sucessor da saga Crepúsculo [Se você detesta Crepúsculo de verdade, mas de verdade mesmo, pare de ler essa resenha aqui]. O livro conta com todos os charmes de um Young Adult de fantasia, desde um protagonista heróico e “perfeito-demais-para-ser-verdade”, passando pela mocinha “eu-não-sou-boa-o-suficiente-para-você”, até o romance complicado e o triângulo amoroso.



Mas o trunfo da história é todo o envolvimento com a mitologia indiana que deixou o livro com uma cara muito mais original e mística, além de usar como protagonista um tigre que, ao meu ver, é um animal que consegue provocar fascínio em qualquer pessoa. Talvez seja por isso que Colleen Houck tenha conseguido escrever uma história nesse primeiro livro que a) consegue escapar do enjoativo mesmo contando com muito mais diálogos e cenas românticas do que ação, surpresas ou reviravoltas e que b) me fez relevar diversas cenas ficcionais demais tudo em prol da continuidade da história, no melhor estilo E daí que a Kelsey aceitou ir para a Índia com um cara que ela nunca viu na vida? Eu quero mesmo é que ela vá para lá para eu poder conhecer mais desse país. Pois é, esse é o tipo de efeito que o livro causa em você.

Desse modo, para quem ama tigres e cultura em geral, e principalmente para quem estava se sentindo órfã depois do fim da saga Crepúsculo e quer ler algo similar, mas que fuja do american way of life, A Maldição do Tigre é uma excelente opção. 

You Might Also Like

25 Bilhetes

  1. Oiee =)
    tenho esse livro aqui em casa há tempo, mas ainda não o li porque penso que foi querer ler um atrás do outro e infelizmente ainda não tenho a continuação.
    Acredito que irei gostar muito quando tiver a oportunidade de ler.
    Beliscões da Máh ♥
    Blog
    Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, pois é. Provavelmente vai querer ter "O Resgate do Tigre" em mãos assim que terminar de ler esse primeiro! xD Torcendo para você poder ler logo!
      Obrigada pela visita! Seguindo! Beijos!

      Excluir
  2. Humm... nunca pensei em ler esse livro, mas depois dessa resenha estou considerando o assunto!
    Mais uma vez, parabéns pelo blog! :)
    Bjs, Lu - http://resenhasdalu.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro é bem romântico e o Dhiren é de suspirar em alguns momentos *-* Espero que goste se for ler!
      Muito obrigada, Lu! Volte sempre! <3

      Excluir
  3. Aiiii, eu estava fugindo de qualquer resenha sobre esse livro ou os outros, mas não pude deixar de conferir a sua, quero tanto ler os livros, e não me perdoou por ter perdido a oportunidade de comprar um box com o três primeiros :(
    Me arrepiei inteira quando você citou o tigre, fico imaginando a cena, e ela é simplesmente MARAVILHOSA! Imagina, a oportunidade de se aproximar assim de um?!
    Me arrepiei mais ainda lendo o resto da resenha, que loucura, ir para a Índia e descobrir que aquele tigre maravilhoso é um príncipe?! É quase como a nova cara da história do sapo, não acha?
    De fato, o livro parece ser único com uma história que jamais, ninguém poderá copiar, só a capa, nossa, essa capa... <3 Menina você vai me obrigar a ir atrás desses livros!
    Maravilhosa sua resenha, parabéns!

    Mil Beijinhos,
    Percepções Blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siiiiim, desde a primeira vez que eu vi a capa eu quis comprar o livro, mas ficava receosa porque não sabia se a história iria ser boa! Torço p/ que você consiga outra oportunidade de comprar os livros juntos!
      Ai, esse tigre <3 Eu gostei mais do Dhiren como tigre do que como homem rsrs O início do livro é fantástico, toda a relação dela com o tigre é de dar inveja! E quando ela descobre que ele é um príncipe é muuuuito engraçado! xD
      A Arqueiro está de parabéns, é a capa mais bonita da minha estante! hohoho, obrigada! Espero que se apaixone pela história quando puder lê-la!

      Excluir
  4. Assim que você me mandou parar de ler eu fiquei tentando, sério, não sou o maior fã de Crepusculo, justo pela protagonista ser muito idiota (me desculpe se você gosta, mas acho que ela é boba de mais, inocente demais e tem atitudes muito estranhas para ser uma protagonista), mas eu era doido para ler o livro e conhecer a história, então continuei lendo e percebi que o livro não parece ser dos piores, porque ele envolve toda uma cultura e uma mitologia diferente do que estamos acostumados (como você disse, foge do american way of life) e estou ponderando sobre o comprar ou não o livro.
    E eu ri muito quando você disse " daí que a Kelsey aceitou ir para a Índia com um cara que ela nunca viu na vida?".
    Era exatamente o que eu pensava naquela hora (como assim ela foi pra Índia com um cara qualquer, do nada).
    Um beijo e amei a resenha! Me desculpe por qualquer coisa Tici.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. MUHAHAHAHAHA A comparação com Crepúsculo é mais no sentido do romance, sabe? A Maldição do Tigre é bem romântico, tem muitos diálogos com o Dhiren tentando conquistar a Kelsey. Para quem gosta, o livro é de suspirar, mas p/ quem não gosta, o livro será um tédio, por isso o aviso. Não leia esperando uma super aventura (pelo menos não nesse primeiro), leia esperando uma história de amor, estilo Crepúsculo.
      Eu não sou a pessoa mais romântica do mundo e mesmo assim fui até o final da leitura. O envolvimento cultural é muito grande e, mesmo sem ter lido os outros volumes ainda, acho que deve superar em muito a saga Crepúsculo xD
      hohoho, essa Kelsey...
      Nem tem o que se desculpar, Hen! Adorei você por aqui de novo! Mil beijos!

      Excluir
  5. Amei a resenha, se eu já era apaixonada pelas capas dessa série agora estou louca para comprá-las. Eu sou muito fã da saga Crepúsculo e o fato de você citá-la me deixou ainda mais curiosa para ler, e esse tempero indiano então?? com certeza esse livro deve ser uma combinação e tanto heein :-)

    beiijinhos,
    http://garotasdejales.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode comprar sem medo, então, Ana! Como você é fã de Crespúsculo, tenho certeza de que vai se derreter com a história! O tempero indiano faz toda a diferença, e para melhor! \o/

      Excluir
  6. Esse livro! É o primeiro da minha lista de "comprar quando receber" hahaha. Sério, a capa e a história dele me fascina. Vou emoldurar a capa depois que ler. Ane que resenha maravilhosa <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahahahahaha quero um tigre para "comprar quando receber" mas... :'( Eu acho que os direitos dessa história chegaram a ser comprados, talvez saia algum filme, mas do jeito que as adaptações de livros estão indo mal no cinema talvez não role :/ Vaaleu, Gabs! <3

      Excluir
  7. Quando li Crepúsculo eu amei, depois de um tempo criei uma relação de ódio com ele :P , não sabia que esse se assemelhava, sempre admirei as capas, mas até hoje não tinha lido resenhas dele :X , gostei :D
    ;*
    www.moniitorando.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, muita gente que eu conheço gostava de Crepúsculo e depois passou a não gostar, não sei bem como isso funciona, mas acho que deve ter a ver com todo o "bullying" que a história recebeu hahaha
      Que bom que gostou! xD Beijos!

      Excluir
  8. Já tinha visto a capa do livro em alguns lugares, mas nunca li a sinopse. Essa é a primeira vez que leio resenha dele e acabei adicionando a minha lista de livros "Vou ler". Muito boa sua resenha e me deixou curiosa pela história. Quando a Saga Crepúsculo....Amooooooooo!!!! Então, acho que vou gostar bastante dessa história!

    Beijinhos!
    citacaonumclick.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que ótimo, Carol! Tomara que goste, mas tenho certeza de que irá, sendo fã de Crepúsculo! É um livro bem romântico mesmo! Beijos!

      Excluir
  9. Sou louca para ler esse livro ,a anos eu quero ler ,na verdade eu comecei a gostar de livros por causa dele ,das resenhas ,mas ainda não tive chance de ler ele :( ,todos falam que é ótimo e tenho certeza que vou amar ele ,além da capa ser perfeita né? estou apaixonada pelo tigre /aiaiai >.< rs
    Parabéns pelo blog flor e pelas resenhas só aumenta minha vontade de ler os livros que você cita ,sucesso para você .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa capa é tudo de bom! Tomara que consiga lê-lo logo, ainda mais porque ele tem toda uma importância para você! Muito legal! E obrigada, de coração! Fico muito feliz! Sucesso para você também! Muitos beijos :*

      Excluir
  10. A capa é linda, foi a primeira coisa que me chamou a atenção mas... me arrependi muito de ter comprado!
    Aquele romance eca eca eca...
    Gostei bastante quando falava sobre deuses indianos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "romance eca eca eca..." rsrsrs pois é, para quem não curte um romance muito açucarado o livro não vale muito a pena :/ Tenta trocar no Skoob ou num sebo, aí você não vai se arrepender de ter comprado! :D

      Excluir
    2. Se quiser, pode mandar pra mim os Livros Diego *-*

      Excluir
  11. Já li essa série umas cinco vezes e nunca me canso!! Gosto muito da mitologia indiana, um dos meus livros preferidos, vale muito a pena ler!
    x

    ResponderExcluir
  12. Eu ameeeei a Saga *-* amei Ren, Liindo!

    ResponderExcluir
  13. Oi, amei seu comentário final, realmente é isso mesmo que acontece. A Kelsey é uma louca que vai para outro pais que nunca viu na vida (totalmente sem sentido) mas e daí, quero ir logo e conhecer os lindos tigre (deuses gregos) kkkk não vejo a hora de sair o filme.

    Já seguindo. Passa no meu cafofo e deixe seu ponto de vista sobre as postagens.

    cafofodasah.blogspot.com.br

    Abç.

    ResponderExcluir

Copyright

Todas as fotografias e textos publicados são produzidos pela equipe do Feito Poesia, exceto quando sinalizado. Por favor, não copie nenhum deles sem a devida autorização dos autores. Todos os direitos reservados.


Seguidores